sábado, 15 de agosto de 2015

Chorando no Campo - Lobão

A chuva cai chorando
E o meu amor vai e vem
No céu, no chão
A rede vai e vai levando...

A noite além da noite
Me faz lembrar o que eu não vivi
Toda essa história esse segredo
Memórias num vendaval...

Pela estrada enquanto eu passo
O cinema é só ilusão
Vou chorando pelo campo
No meio do temporal...

A chuva dá saudades
De um lugar que eu nunca fui
E o vento vai soprando
Um choro tão, distante


quarta-feira, 15 de julho de 2015

Um texto ímpar

Ter alguém para quem dar a desculpa de não dormir é tão importante quanto não ter alguém para não pensar quando for se deitar. Estranhar ficar sem  boa noite outras tantas vezes  pronunciado com um tom de quem quer dormir rápido. Acostumar-se só por uma noite a ter que relaxar sem dizer o quanto você a amou naquele dia, com em nenhum outro dia que não será revivido, só lembrado. Mandar telepáticamente um boa noite amor, e ter dúvidas se foi entregue?   Tantas tecnologias e eu esqueci de gravar-te dizendo que me amava, pra noites como essa, onde não consigo dormir sem você. É falso o quanto finjo não me importar, ou o quanto me tento a não deixar trasparecer sem parecer tão normal. Vai ver que estamos numa superficialidade onde o que se encaixa num quebra cabeça amoroso pessoal é alguém que você conheceu há 2 minutos. O amor: Se o sinto então o tenho. Mas se o tenho como explico? (Não escreva sonambulo)